Cadernos de Seguro

Ponto de Vista

O acidente aéreo da Germanwings e seus impactos na aviação

Na história da aviação houve apenas três casos de suicídio com pilotos de linhas aéreas: dois na África e um na Indonésia. Some-se a estes uma tentativa malsucedida no Japão.

No dia 24 de março de 2015, o voo 9225 da Germanwings decolou do aeroporto El-Prat, em Barcelona, com destino a Düsseldorf, na Alemanha. Infelizmente, o avião não chegou ao seu destino. O Airbus A320-200 colidiu com os Alpes franceses a 100 km da cidade de Nice, matando seis tripulantes e 144 passageiros.

Baixe aqui a matéria completa

14/10/2015 02h40

Por Gustavo Cunha Mello

Economista, com MBA em Gerenciamento de Riscos pela COPPE-UFRJ, Pós-Graduação em Engenharia de Planejamento pela COPPE-UFRJ e Mestrado em Engenharia de Produção – Sistemas de Gestão pelo Latec-UFF. Corretor de seguros desde 1991 pela Susep. Professor desde 2000 da Escola Nacional de Seguros (Funenseg) nos cursos técnicos e no MBA de seguros. Também é professor da UFF no MBA de gerenciamento de riscos. Trabalha há 20 anos no setor de seguros, tendo concluído diversos cursos de seguros no exterior através do AICPCU/IAA – American Institute for Chartered Property Casualty Underwriters and the Insurance Institute of America – Malvern – Pennsylvania, bem como cursos de resseguros executados no Lloyd’s de Londres pelo CII – Chartered Insurance Institute. É articulista de diversas mídias especializadas em seguros, bem como da Globonews, na área de gerenciamento de riscos.

Cadernos de Seguro - Uma Publicação da Escola Nacional de Seguros © 2004 - 2017. Todos os direitos reservados.