Cadernos de Seguro

Análise

Prontuário eletrônico do paciente: Faz tanta diferença assim?

De acordo com Patrício, Maia, Machiavelli e Navaes (2011), existem indícios de que desde o século V a.C. já era hábito de Heráclito dar incentivos à elaboração de registros para avaliar a evolução das enfermidades e identificar suas motivações. Mais de 2000 anos se passaram desde então, e as mesmas autoras revelaram, em suas pesquisas, que a precursora da enfermagem moderna, Florence Nightingale, no século XIX, afirmou: “Na tentativa de chegar à verdade, eu tenho buscado, em todos os locais, informações; mas, em raras ocasiões eu tenho obtido os registros hospitalares possíveis de serem usados para comparações”.

Podemos observar que, com o tempo, chegou-se à conclusão de que os registros sobre o cuidado ao paciente eram mesmo muito importantes, tanto para a eficácia do trabalho quanto para a evolução da medicina, culminando na existência do tão conhecido “prontuário do paciente”.

No entanto, nos dias atuais, com o envelhecimento e aumento da longevidade populacional, a transição epidemiológica e os avanços tecnológicos na saúde elevam os custos e instituem a necessidade de monitoramento e, por isso, torna-se urgente avaliar até quando será possível suportar esse cenário (KELLES, 2013; ZIROLDO; GIMENES; CASTELO JÚNIOR, 2013).

Baixe aqui a matéria completa

08/06/2020 08h09

Por Fernando Carneiro Meziat

Atuação na área de controle e monitoramento de dados e informações, com sete anos de experiência. Analista financeiro no SENAI-CETIQT (2016-2017). Assistente financeiro na Construtora Queiroz Galvão (2012-2014). Responsável pela criação e implementação de uma nova metodologia para análise de orçamentos, garantindo uma visão mais estratégica do setor de monitoramento e controle. Cursando MBA na Escola Nacional de Seguros, em “Gestão de Seguros Resseguros” e com previsão de formatura em dez/2020.

Cadernos de Seguro - Uma Publicação da ENS © 2004 - 2020. Todos os direitos reservados.

Ao navegar em nosso site, você reconhece que leu e compreendeu nossa Política de Privacidade.