Cadernos de Seguro

Artigo

Mensurando gastos

Nos últimos anos, o setor de distribuição de seguros no Brasil sofreu algumas transformações importantes. Dentre os fatos, podemos citar:

Surgimento de outros canais de distribuição, em função da criação de novos produtos na área de massificados, por exemplo, grandes lojas de varejo etc., aumento na quantidade de corretores, entrada de mais mulheres neste mercado e queda nas taxas de comissionamento de alguns ramos (automóveis, por exemplo).

Todos esses fatores fizeram com que crescesse a preocupação dos corretores independentes já existentes com o equacionamento dos seus custos.

Através de sete tabelas com números que recriam as características de uma corretora de seguros de pequeno porte, disponíveis na versão impressa deste número 149 da Cadernos de Seguro, é minuciosamente avaliada a composição dos custos administrativos dessa corretora, que ocorrem quando da emissão e da liquidação dos seguros.

15/07/2008 11h53

Por Francisco Galiza

Mestre em Economia pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), membro do Conselho Editorial da Escola Nacional de Seguros, membro da Academia Nacional de Seguros e Previdência (ANSP) e sócio da empresa Rating de Seguros

Cadernos de Seguro - Uma Publicação da Escola Nacional de Seguros © 2004 - 2018. Todos os direitos reservados.