Cadernos de Seguro

Um Instante

Beleza recuperada

Um dos marcos da arquitetura modernista~carioca, o prédio do Instituto de Resseguro do Brasil (IRB Brasil Re), tombado em dezembro de 2016 pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN, acaba de ter a primeira parte de sua restauração concluída. Nada menos que a cobertura, onde estão os sete painéis em mosaico de Paulo Werneck (que também assina o painel multicolorido do hall de entrada do Edifício Seguradoras) e o jardim com paisagismo de Roberto Burle Marx, nomes mais do que consagrados que vêm se somar ao celebrado projeto arquitetônico dos irmãos MMM Roberto (Marcelo, Milton e Maurício).

Construído em 1941, foi uma das primeiras obras no Brasil que empregou os chamados cinco pontos da arquitetura moderna criada por Le Corbusier: pilotis, janelas em fita, estrutura independente, planta livre e terraço-jardim. Em 1948, foi reconhecido pelo Royal Institute of British Architects como uma das 20 melhores edificações da época. Vale uma caminhada pela Avenida Marechal Câmara apenas para ver como se destaca na paisagem.

A reforma do 10º andar foi só o começo. Os próximos passos, segundo informações do IRB, serão o restauro do auditório e da Sala Getulio Vargas, além da fachada.

A revitalização do espaço ficou a cargo dos escritórios Burle Marx e Paulo Werneck, para que os conceitos originais fossem mantidos.

clique na imagem para ampliar

Cadernos de Seguro - Uma Publicação da Escola Nacional de Seguros © 2004 - 2017. Todos os direitos reservados.